Subscribe Us

Header Ads










Bolsonaro sanciona, com vetos, projeto que destina R$ 16 bilhões a estados e municípios



Presidente vetou dispositivo da MP 938 que determinava distribuição de recursos aos governos regionais, caso houvesse sobra

 BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com vetos, a medida provisória (MP) 938 que autoriza o repasse de até R$ 16 bilhões pela União aos estados e municípios. A MP foi editada em março e buscava compensar as perdas de receitas dos Fundos de Participação dos Estados (FPE) e dos Municípios (FPM).

Auxílio emergencial:líderes dos partidos defendem mais uma parcela de R$ 600 e duas de R$ 300

A previsão era de que os repasses seriam feitos até junho, prazo alongado até novembro durante a tramitação no Congresso. Até meados de julho, cerca de R$ 10 bilhões já tinham sido repassados.

Bolsonaro vetou, no entanto, um dispositivo que determinava que caso houvesse uma sobra de recursos, eles deveriam ser distribuídos entre os entes federados.  Para fazer os repasses é feita uma comparação entre a arrecadação entre março e novembro de 2019 e o mesmo período de 2020.

Renda Brasil:Programa que vai substituir Bolsa Família deve atender a 21 milhões de famílias com benefício de R$ 300

Entre as razões para o veto, o presidente fala que o dispositivo extrapola o objeto da medida, que é a compensação de perdas com arrecadação. Além disso, a alteração proposta “estava em descompasso com o atual contexto de restrição fiscal, ao permitir um incremento no valor dos repasses aos fundos de participação em montantes superiores aos valores de 2019.”

fonte>o globo

Postar um comentário

0 Comentários